© 2018 por Débora S. SIlva. Orgulhosamente criado com Wix.com

Compartlhe com seus amigos

Resenha de Garota Veneno (Duologia Palace #2) da Karol Blatt

October 24, 2018

Garota Veneno — Karol Blatt

Independente,
400 páginas

Nota: 5/5
Adquira em: AMAZON

 

 

Olá, pessoas normais, estranhas e não tão estranhas assim!

 

No dia de hoje venho apresentar para vocês a resenha do segundo volume da Duologia Palace. Para aqueles que não desejam receber spoiler e queiram ler o primeiro livro, leiam a resenha de Garota de Grife. Mas, o que posso adiantar, é que a duologia me conquistou, a escrita da Karol é incrível e fez com que eu favoritasse para a vida seus livros.

 

 

 

Arianna Altina é a assistente pessoal de Nicholas Ferraço, o ricaço com o título de "solteiro sob medida" do Rio de Janeiro. Bonito, rico, engraçado e, com certeza, tentando conquistá-la desde a primeira vez que a viu, é um risco para sua vida trabalhar com ele, mas Arianna é uma mulher determinada com uma grande lista de homens com quem pretende ficar, e Nicholas não está nela. 

 

"— Sabe o que eu não entendo isso? — Jenny falou, recobrando a minha atenção. — Sendo você adepta desse estilo de vida “pegue e não se apegue”, por que anda não agarrou o bonitão do Nicholas?

 

— Eu já expliquei isso, Jenny. Nicholas é o meu chefe, não vou misturar as coisas. Onde se ganha o pão, não se come a carne. "

 

Mas Nicholas está realmente focado na empresa do pai, onde ele é o herdeiro da presidência, e em manter sua amizade com Arianna, em quem pode confiar e ser quem é, sem nenhum medo. Contudo ele sabe, que se ela permitisse, daria tudo de si em um relacionamento com a assistente. Não, com uma igual, afinal, ela não gosta de se manter com alguém tanto quanto ele, por que algo com duas pessoas tão parecidas, em diversas coisas, não daria certo?

 

A coisa toda no livro é que a química do casal é forte, sentimos isso desde a primeira página em que aparecem juntos. Mas não somos apresentados ao casal apenas e, sim, a vida pessoal de cada um, de como isso afeta seus relacionamentos e seu presente e, até mesmo, o que planejam para o futuro.

 

 

Arianna é, definitivamente, uma personagem forte, independente e leal, adoro as cenas de interação dela com suas amigas e seu pai. Não são apenas diálogos, são sorrisos e segredos trocados, conselhos e abraços. Mas em seus relacionamentos amorosos, ela não é confiante o suficiente para se dedicar a alguém porque teme ser o que não quer. O seu passado afeta muito tudo que faz na vida, mas quando abre os olhos para o que se mantem bem a sua frente, ela está pronta para viver tudo que nunca se permitiu.

 

"Ele ficava ainda mais bonito quando sorria. E Nicholas estava quase sempre sorrindo, o que o deixava em uma posição de destaque no meio de todos os outros executivos taciturnos.

 

Eu gostava muito daquela característica dele. Seu senso de humor era capaz de me fazer relaxar, e era tão bom quanto a brisa fresca no rosto, após um dia inteiro dentro de um escritório."

 

Já nosso querido Nicholas Ferraço (de verdade, se você não se apaixonar por ele é porque leu errado esse livro!) não liga realmente para quem beija ou coisa parecida. Porém, quando se trata da senhorita Altina, ah, seu coração bate forte e ele quer mesmo lutar contra tudo e todos para ter uma chance com essa incrível mulher. E é isso que eu goste no Nicholas, ele se doa a tudo o que faz, ele se dispõe e eu suspirei muitas vezes por culpa dele. Porque ele na verdade é trabalhado no clichê, mas também inédito, em muita coisas, e sensível, um amor! 

 

 

 

O que me deixa lindamente feliz na duologia da Karol são duas coisinhas que eu preciso dar ênfase: 1) Ela não fica de enrolação ou briguinhas bobas que separam o casal, não! O casal aqui é maduro o suficiente para tomarem suas decisões, pedirem desculpas e recomeçarem, se algo acontece para o casal não estar junto, segura teu coração porque é algo grave que vai te fazer chorar; 2) Todos os personagens são importantes, cada um representa algo, fala algo, vai estar ali para resolver alguma coisa dentro do enredo, e eu amo isso. Amo como ela faz cada parte, mesmo que meio boba, ser necessária para a história, uma qualidade louvável! 

 

"— É assim que você vai vencê-la, Ary. Mande esses fantasmas e essa mulher má para o inferno e agarre a sua felicidade!

 

As palavras de Ellen, apesar de um pouco duras, funcionam como um forte chocalhão. Uma sensação nova apoderou-se do meu corpo. Ellen estava certa. Era hora de deixar de banca a vítima, um papel que eu sempre pensei nunca prestar, mas que na verdade me perseguia (...)."

 

A escrita da Karol é simples, mas envolvente e bem trabalhada, o que faz a leitura ser fluída e calma. O final foi inesperado, meu coração se derreteu mais ainda e terminei de ler a última palavra do livro com um sorriso bobo no rosto. Foi um romance engraçado, que devo ter marcado meu recorde de mais marcações de quotes. Deve ter passado das 30, sem dúvidas! 

 

Não perca tempo, corram e leiam a duologia, e a participação dos personagens anteriores é demais. Posso admitir que o segundo me conquistou mais, Nicholas é um HOMÃO e ele pode aparecer pra mim quando quiser. Arianna, uma personagem que me fez chorar e sorrir. Os dois, separadamente, são incríveis, mas unidos são imbatíveis.

 

"—Meu coração nunca bateu no mesmo ritmo desde que conheci você, e estou feliz porque sei que sempre será assim.

 

(...)

 

—Você sempre mereceu a felicidade, como qualquer outra pessoa, meu amor. Ninguém precisa ser perfeito para ser feliz, ou para viver o amor. Ninguém teria qualquer um dos dois se fosse assim."

 

Eu espero mesmo que tenham gostado da resenha, aguardo as opiniões de vocês, não só sobre a resenha, mas sobre o livro e a escrita, caso já tenham lido, aqui nos comentários. E já leram algo mais da autora? Me contem e indiquem! Um beijo e até...

 

 

Please reload

Blogueira

Débora S Silva é uma universitária de 20 anos cuja diversão maior é a leitura de comédias românticas e aventuras. Escreve desde os 15 e geralmente são histórias bem humoradas com toques sutis de romance e fofura. Busca sempre mostrar o lado de sua leitura com gentileza e sinceridade

  • Google+ ícone social
  • skoob
  • Amazon ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
Colaboradora

JéssicaMiranda 

tem vinte e um aninhos e é canceriana. Ama ler e é apaixonada por doramas. Otaku desde que se lembra e grande apreciadora da cultura nerd e, agora, resenhista do blog NTEA.

Inscreva-se
Conheça o canal
Minhas Redes
43595725_2365355753481017_25798961321130

Me adicione

Instagram
Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now