© 2018 por Débora S. SIlva. Orgulhosamente criado com Wix.com

Compartlhe com seus amigos

Resenha de Como não perde o Duque de Lygia Camelo Santiago

November 12, 2018

Como não perde o Duque — Lygia Camelo Santiago

Editora Hugin e Munin, 196 páginas

Nota: 4/5
Adquira em: AMAZON

 

 

Olá, pessoas normais, estranhas e não tão estranhas assim!

 

Hoje vim com a resenha da minha primeira leitura de novembro, um romance de época em parceria com a autora Lygia C Santiago. Como não perder o Duque conta com bailes pomposos, mercadorias roubadas, mães intrometidas e romance.

 

 

O duque Wanthrop, Richard Ackerley, está com seus trinta e dois anos, em plena temporada em Londres, porém concentrado apenas em seus negócios, especificamente em uma carga de sedas que não chegara em suas mãos. O estresse provindo desse conflito termina por acentuar seu mau humor, mas para as jovens e mães casamenteiras, assim como sua própria, isso não as impede de tentar conhecê-lo melhor e ser a próxima duquesa.

 

Lara Hale, ainda recuperando-se de seu luto pelo tio que a criou e a sustentou por tantos anos, termina, pela insistência de sua tia, em ir aos bailes desta temporada. Sua única reserva e maior preocupação é com o trabalho que sustentou seu tio e que, agora, ela mesma luta para poder pagar as dividas deixadas, o contrabando.

 

"— Alega que eu deveria sorrir mais para agradá-la?

— Não, mas me agradaria se você tivesse mais motivos para fazê-lo. — Foi a vez de ela sorrir, quando, ao voltar o olhar para ele, percebeu que os olhos do Duque continuavam com a tempestade transformada em garoa por conta do sorriso. — E espero que o fato de que irá começar"

 

Mas e se nos salões de bailes ela conhecesse um homem que não se importa com sua origem humilde, nem com sua altura acima da média e tem prazer em ouvir suas conversas inteligentes? E se fosse o mesmo homem que contrata os serviços de sua equipe para recuperar uma carga? Tudo o que Lara deseja é que Richard a chame de esposa e que jamais descubra sobre o trabalho que a sustenta.

 

A história é narrada em terceira pessoa, o que ajuda a encarar muitos lados do enredo como os dos nossos contrabandista, que fazem parte dos homens em quem Lara confia, e dos amigos em diversas partes da trama.

 

 

A escrita da autora é bem trabalhada, temos uma grande diversidade de personagens fazendo suas devidas aparições e contando para o desenvolvimento dos acontecimentos. Lara é uma personagem que se impõe aos desafios e Richard é centrado e prático, cada um se encanta, ao seu modo, um pelo outro.

 

"— Você quer realmente que eu acredite que Lady Ackerley o mandou até minha casa?

— Não é algo absurdo. Minha mãe não hesitaria em me usar como garoto de recados.

— Mas ela não usou. — Depois de uma curta pausa para um sorriso, continuou: — Então, qual o motivo da visita, Excelência? Além de já estar morrendo de saudade de mim."

 

Para mim a história tem muito a oferecer, tudo é bem coordenado e montado. Porém, uma coisa em minha opinião não contribuiu muito para minha leitura: o excesso de narração. Eu concordo que seja o estilo da autora e que, também, valoriza os diálogos assim que eles aparecem, nos chamando a atenção. Mas, ainda sim, eu gostaria de mais diálogos, principalmente entre a protagonista e suas amigas e familiares, de como elas sorriem de piadas e cochichos, esse tipo de coisa. 

 

A narração não tira o valor do livro, o romance ocorre de forma leve e calma, e no decorrer da história os desafios são apresentados ao casal e eles necessitam saber se os superaram juntos ou cada um seguirá seu caminho. Não devemos nunca esquecer o quão escandaloso para a época seria uma dama da sociedade, além de trabalhar, estar envolvida com contrabandos.

 

"O fato de tal pensamento ter surgido de modo tão imediato em sua cabeça a assustou. O amava, só nunca alimentou esta verdade por tempo o suficiente para tomar consciência dela. Já fora beijada, já procurara um marido rico, mas jamais sentira real vontade de unir sua vida à de um homem como gostaria de unir à de Richard."

 

Espero que tenham gostado da resenha, por enquanto o livro apresenta apenas sua versão em e-book, mas em breve teremos acesso ao livro físico. E vocês, já conheciam a autora? Ela, antes de sua publicação, postava de maneira gratuita o livro no Wattpad, já haviam conferido, me contem aqui nos comentários! 
 

 

 

 

 

 

Please reload

Blogueira

Débora S Silva é uma universitária de 20 anos cuja diversão maior é a leitura de comédias românticas e aventuras. Escreve desde os 15 e geralmente são histórias bem humoradas com toques sutis de romance e fofura. Busca sempre mostrar o lado de sua leitura com gentileza e sinceridade

  • Google+ ícone social
  • skoob
  • Amazon ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
Colaboradora

JéssicaMiranda 

tem vinte e um aninhos e é canceriana. Ama ler e é apaixonada por doramas. Otaku desde que se lembra e grande apreciadora da cultura nerd e, agora, resenhista do blog NTEA.

Inscreva-se
Conheça o canal
Minhas Redes
43595725_2365355753481017_25798961321130

Me adicione

Instagram
Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now