© 2018 por Débora S. SIlva. Orgulhosamente criado com Wix.com

Compartlhe com seus amigos

Resenha de Sem Canção da Naiara Aimee

December 12, 2018

Sem Canção — Naiara Aimee

Independente,  182 páginas

Nota: 5/5
Adquira em: AMAZON

 

 

Olá, pessoas normais, estranhas e não tão estranhas assim!

 

Hoje vim compartilhar com vocês a resenha de Sem Canção, um livro contemporâneo de Naiara Aimee, essa rainha que eu acompanho e que tive a honra de fazer um prefácio para seu livro, vocês nem tem ideia do quanto fiquei emocionada. Vem conferir um pouco desse livro que amo tanto!

 


Erin Albuquerque é uma jornalista em uma revista feminina, lá ela tem um futuro brilhante pela frente com seu talento na escrita para matérias interessantes e diferentes. Ela é uma amiga fiel, uma pessoa bem humorada e com uma rotina organizada. E, digamos que Erin é bem singular, afinal, ela não é uma grande apreciadora da música, e nossa queria história começa bem nesse ponto!

 

A jornalista está completamente travada em uma matéria importante que tem um curto tempo para entregar, porém a música  que vem da casa de seu novo vizinho no prédio em que mora a perturba mais do que ela gostaria de admitir. Tudo que Erin não imaginava era que seu novo vizinho não iria tão cedo parar de tocar seu querido violão e deixá-la tranquila em seu devido silêncio.

 

"Entendo perfeitamente os receios de Erin. Por muito tempo eu também mantive o meu coração guardado numa espécie de cofre onde ninguém mais pudesse ter acesso a ele. Mas, aos poucos, eu entreguei a senha a Erin. Ela conseguiu me ganhar e eu estou disposto a entregar de vez meu coração a ela."


Em contrapartida vamos conhecer também Gabriel Arantes, o vizinho irritante! Na verdade, ele é um amante da música e completamente divertido, porém, como qualquer pessoa, Gabe tem um passado e tudo que sempre guardou, com o tempo, vai começar a vir a tona a partir do momento que conhece a mulher que não gosta de música e suas matérias muito interessantes.

 

 

Após um incidente, Erin termina, sem querer, se aproximando de seu vizinho, e como um bom musico, ao descobrir do desgosto pela música de nossa protagonista a proposta de Gabe é, simplesmente, fazê-la gostar de música e entre uma melodia e outra vamos vendo muito mais que uma canção nascendo entre esses dois personagens tão cheios de emoção e personalidade.

 

"—Sabe o que é legal na música? —Erin me olha e sabe que não precisa me perguntar nada, pois estou prestes a dar a resposta. —É que ela pode até ser feita com um propósito, mas, quando é jogada ao mundo, podemos fazer diferentes interpretações dela. Aqui, com você, eu só sei que estou me divertindo e sempre que eu ouvi-la irei me lembrar deste momento."

 

Eu amo completamente o desenvolvimento tão real entre os personagens, suas interações, principalmente por sempre ter aqueles personagens secundários tão importantes e espontâneos. E sempre que leio algo da autora eu sinto um enorme carinho durante a leitura, não canso de dizer isso, mas a leveza com que a história flui é, definitivamente, um dos pontos fortes do livro. 

 

Esse livro deixou um quentinho no meu coração, e não importa quantas vezes eu vá lê-lo, ele sempre traz um sorriso ao meu rosto. É verdade que seu final é surpreendente e que eu nem imaginava algo como aquilo, mas também acredito que foi a melhor decisão que a autora tomou para o caminho de seus personagens, o que me deixa ainda mais feliz!

 

"Gabe puxa minha mão e a leva até o seu peito. Sinto o ritmo acelerado de suas batidas e sorrio porque essa é a música mais bonita ao qual o Gabe já me apresentou; a canção mais maravilhosa que já escreveu para mim e eu amo como soa quando estamos juntos."

 

Espero que tenham gostado da resenha e que possam se apaixonar por essa história tanto quanto eu. Deixa seu comentário sobre o que achou da resenha e se já leu alguma obra da autora. Mil beijos e até...

 

 

 

 

 

 

Please reload

Blogueira

Débora S Silva é uma universitária de 20 anos cuja diversão maior é a leitura de comédias românticas e aventuras. Escreve desde os 15 e geralmente são histórias bem humoradas com toques sutis de romance e fofura. Busca sempre mostrar o lado de sua leitura com gentileza e sinceridade

  • Google+ ícone social
  • skoob
  • Amazon ícone social
  • YouTube ícone social
  • Instagram ícone social
  • Wix Facebook page
  • Wix Twitter page
Colaboradora

JéssicaMiranda 

tem vinte e um aninhos e é canceriana. Ama ler e é apaixonada por doramas. Otaku desde que se lembra e grande apreciadora da cultura nerd e, agora, resenhista do blog NTEA.

Inscreva-se
Conheça o canal
Minhas Redes
43595725_2365355753481017_25798961321130

Me adicione

Instagram
Please reload

This site was designed with the
.com
website builder. Create your website today.
Start Now